Meu carrinho Meus pedidos
Home Cadastro EmpresaComo comprarPagamento e envioSegurançaFAQDicasRevenda Fale conosco
Buscar

NOVIDADES (79)

Acessórios Sensuais

Anéis vibradores e retardadores de ejaculação (15)

Bolinhas de Pompoar e Bolinhas Tailandesas (16)

Capas penianas (18)

Cintos para próteses e vibradores (8)

Pétalas de rosas afrodisíacas (2)

Afrodisíados e Energéticos

Bebidas afrodisíacas e energéticos (3)

Perfumes afrodisíacos de Feromônio (20)

Banhos Aromatizados

Cristais, sais, espumas de banho (12)

Bomba para aumento peniano/ desenvolvedor e estimulador

Bomba Peniana Elétrica (4)

Bomba Peniana, seios e clitóris (13)

Tensordin - Aparelho peniano (3)

Bonecas Infláveis

Bonecas Infláveis (7)

Calcínhas Comestíveis

Calcinhas comestíveis (11)

Tapa sexo / Cuecas e capas comestível (4)

Cestas eróticas e sensuais

Cestas Eróticas (11)

Cosméticos Íntimos

Bolinhas Cápsulas de Óleo (6)

Brilho Labial (2)

Gel Adstringente vaginal (6)

Gel Anestésico para Sexo Anal (11)

Gel Comestível para Sexo Oral (35)

Gel Eletrizante ou Vibrador (10)

Gel Excitante Feminino (15)

Gel Excitante Unisex (7)

Gel Retardante de Ejaculação e Prolongador de Ereção (14)

Lubrificantes íntimos (20)

Make Up - Maquiagem corporal (3)

Óleo e pó para massagem (17)

Sabonete Íntimo (6)

Sais de Banho (0)

Vela hidratante beijável (comestível) (9)

Cuecas Boxer e Cuecas Sunga

Cuecas G (11)

Cuecas M (9)

Cuecas P (13)

Cuecas de Times de futebol

Cuecas Samba canção (12)

Cursos de Sensualidade e Sedução

Cursos (2)

DVD's Eróticos

DVD Erótico de Swing / Menage (6)

DVD Erótico de Travestis (3)

DVD Erótico Hentai (8)

DVD Erótico Hetero (13)

DVD Erótico Homo Masculino (2)

DVD Erótico Private e Monasexy (15)

DVD Porno de Zoofilia (5)

DVD Porno em promoção (11)

Loving - Sex (4)

Fantasias Eróticas

Fantasias Eróticas Femininas (116)

Fantasias Eróticas Masculinas (17)

Macacões, Macaquinhos e Bodys Sensuais (10)

Mini Fantasias (10)

Jogos eróticos e brincadeiras

Brincadeiras de Adultos (28)

Jogos de Adultos (22)

Kits , Incenso e Odorizadores

Incensos e velas (8)

Odorizadores de Ambiente (5)

Lingeries Sensuais

Body's Eróticos (29)

Calcinha SEXY (141)

Conjunto SEXY (19)

Conjuntos e camisolas (16)

Soutiens SENSUAIS (2)

Masturbadores e Vaginas

Vaginas em Silicone e Látex (18)

Meias calça

7/8 com renda siliconada (1)

Rendada Furadinha (0)

Rendada sem costura (0)

Preservativos / Camisinhas

Preservativos / Camisinhas (13)

Produtos Eróticos Importados

Lançamentos (15)

We Vibe (1)

PROMOÇÕES

SUPER PROMOÇÃO (4)

Próteses Penianas

Plug Anal (12)

Prótese com Escroto (26)

Prótese com Ventosa (13)

Prótese com Vibrador Interno (15)

Próteses - Anel Companheiro (10)

Próteses realisticas, duplas (47)

Sado Masoquismo

Algemas Eróticas, vendas e Tapa olhos (20)

Chicotes, chibatas, máscaras e coleiras (15)

Mordaças (2)

Vibradores

Vibrador Butterfly (9)

Vibrador na prótese (13)

Vibrador Personal - Bastão (5)

Vibradores clitorianos - Bullet (13)

Vibradores especiais (30)

Vibradores Linha Luxo (4)

Vibradores ROTATIVOS (11)

Redes de relacionamento
Destaques
De R$ 99,00
por R$ 89,90
(economia de R$ 9,10)
De R$ 59,90
por R$ 44,90
(economia de R$ 15,00)
De R$ 499,00
por R$ 459,00
(economia de R$ 40,00)
De R$ 74,90
por R$ 69,90
(economia de R$ 5,00)
De R$ 34,90
por R$ 29,90
(economia de R$ 5,00)

Meu Sogro, Meu tesão!

Todos sabem o quanto adoro me exibir e como não podia deixar de ser, desta vez vou contar a experiência que tive e tenho com meu querido sogro. Ele é um sujeito já de certa idade, meio gordinho, pois adora uma cerveja e tem uma barriguinha um pouco saliente.


Minha sogra sempre diz que ele sempre foi muito safado, mas que agora, com a idade, parece que está mais tranqüilo. Bem, eu como sempre fui muito safada. Adoro me mostrar, pois modéstia a parte, sou bem gostosa. Morena, 1,68, coxas grossas, quadril largo, bunda arrebitada, seios fartos, macios com aureolas grandes e bicos sempre durinhos.


Tenho um tesão nos peitos que me deixam maluca! Adoro ser chupada, mamada, bolinada! As mãos dos homens nos meus seios me levam a loucura.


Confesso que fico molhadinha só de pensar! Chego a gozar deliciosamente só com as mamadas e passadas de mãos nos meus belos peitões. Bem, vamos ao que interessa! Eu e meu marido, Sergio, fomos passar uns dias na casa dos pais dele que moram na praia.


No meio da viagem eu já senti muito calor e tirei o soutien (odeio) e fiquei só com a blusinha de alcinhas que marcava bem os peitões. Meu marido disse: Assim não dá, vc está um escândalo com essa camisetinha e se chegar assim meus pais vão reparar. Olha essas tetas como estão! Os bicos parecem que vivem com tesão! e enfiou a mão toda pelo decote e me deu uma apertada nos bicos. Eu dei uma gemida forte: Aiiiiiiiiiiiii, cacete!


Você sabe que sou sensível nos peitos e fica apertando com essa mão gostosa e para provocá-lo abaixei as alcinhas e fiquei com os peitões de fora. Ele quando viu, encostou o carro no acostamento imediatamente e veio pra cima de mim com as duas mãos apertando meus peitos dizia: Cadela, gostosa!


Fica mostrando esses peitos que me deixam doido e caiu de boca ali mesmo, na estrada deserta. Começou a me chupar os bicos com força, a mamar com vontade. Fazia até barulho as chupadas que ele dava. Fiquei de joelho no banco e facilitei bem as mamadas pra ele. Esfreguei bem os peitos na cara dele e ele ficou desesperado pra me comer ali mesmo, mas fiquei com medo da policia rodoviária que podia passar e ele disse: Que importa se a policia passar! Se eles virem esse peitão gostoso, com certeza vão ficar doidos pra dar uma mamada!. Seguimos viagem e de vez em quando eu deixava a alcinha da camiseta cair como se não tivesse percebendo e mostrar um seio e ele ficava doido e na hora agarrava e queria parar para dar uma chupada, mas eu dizia que a policia podia passar e só ia provocando até chegar. Quando chegamos eles nos receberam muito alegres. Minha sogra me abraçou e depois meu sogro que no abraço, senti que foi bem apertado, pois seus olhos não desgrudavam do meu decotão profundo.


Depois dos cumprimentos, entramos e eu fui tomar um banho e quando sai, enrolada na toalha, meu sogro, com os olhos parados no meu decote, disse que minha sogra tinha ido até a padaria. No quarto meu marido estava deitado e logo me arrancou a toalha me deixando nua e sentado na cama agarrou meu peitões e começou a mamar e chupar muito gostoso.


Eu gemia de tesão e as mãos dele corriam meu corpo todo. Olhei e vi que pelo vão da porta meu sogro estava vendo nossa sacanagem e adorei me mostrar todinha pro velho. Deixei que meu marido mamasse, chupasse bastante meus peitos para o pai dele ver tudo. Empurrei a cabeça dele para baixo, e ele enterrou a cara na bucetinha e começou a chupar gostoso.


Eu me virei de frente para a porta onde estava meu sogro e o coitado do velho via tudo, eu me contorcendo toda nua, meus peitões e o filho dele chupando minha bucetinha como um tarado. Depois eu arranquei o short dele e comecei a maior chupada no cacetão gostoso, sempre atenta no meu sogro escondido no vão da porta. Deitei na cama, abri as pernas, meu marido me lambeu mais um tempo e veio com o cacetão e enterrou na bucetinha como se fosse um cavalo. Socou gostoso e gozamos os dois juntos muito gostoso. Fomos tomar banho juntos, brincamos um pouco no banho e saímos. Na sala o sogro estava vendo TV e descaradamente perguntou: 


Vocês estavam na sacanagem? Ouvi uns gemidos, quase que fui ver o que era!. Meu marido mais descarado ainda disse:  Com essa mulher eu tenho que viver na sacanagem, ela é muito gostosa e se o senhor ouvir alguma coisa, não liga não, somos nós que temos um tesão louco! Eu fiquei meio acanhada, mas percebi o olhar de tarado do sogrão. Minha sogra nem deu bola pra conversa. À noite saímos e quando voltamos o casal de velhos já estava dormindo. Fomos pro quarto e eu logo fui ficando nua e me oferecendo toda pro meu marido. Ele logo foi me chupando, mordendo toda e me comendo a bucetinha, depois o cuzinho. No final eu queria mais, mas o maridão estava cansado e dormiu chupando minha teta gostosa. No dia seguinte fomos para a praia e eu coloquei um biquíni bem pequeno, asa delta que cobria só o grelinho e a parte de cima só cobria os bicos dos peitões.


Meu sogro quando me viu, quase que foi pra cima de mim, mas se conteve e me abraçando disse: Nossa que norinha linda eu tenho e no meu ouvido cochichou: gostosa, tesuda. Eu me molhei toda com aquilo e pensei: Hummm....estou mexendo com o velho, deixa comigo!!!!. Na praia, ficamos conversando e ele sempre me olhando muito o corpo todo. Meu marido resolveu fazer uma caminhada e me convidou, mas eu não quis ir e resolvi ficar tomando sol. Ele convidou meu sogro, mas ele muito esperto também não quis ir. O Sergio resolveu ir logo. Logo que ele saiu meu sogro começou: 


Cuidado para não se queimar muito, senão vai ficar toda dolorida! Eu disse: Eu passei protetor, não tem perigo. Ele logo falou: É, mas com esses peitões lindos e essa bunda gostosa, não pode maltratar!! Eu percebi logo que o velho estava a fim de falar besteira e deixei rolar: Não tem perigo está tudo protegido, os lindos peitos e a bundona gostosa. Ele disse:  Meu filho é uma cara de sorte, ter uma mulher gostosa desse jeito Eu disse: Porque o sr. acha isso? Não é tanto assim!!!. Ele disse: Não? Com esse par de tetas deliciosas, com essa bunda gostosa!


Olha essa calcinha, só cobre mesmo grelinho e em cima só cobre o bicão gostoso desta teta! Ohhhh... Eu mamando nessa teta ia chupar até cansar e depois ia chupar essa bucetona até você pedir água!! Ohh delicia de mulher!!! Eu comecei a rir e disse: Nossa o Senhor é louco mesmo, como é que fala isso da nora? Ele nem deu bola e disse: Aposto que tarada do jeito que é deve estar molhadinha, louca pra sentir a minha língua!. Eu disse: Estou molhada mesmo, sou louca pra ser chupada todinha Ele disse: Pois eu sou capaz de te dar um banho de língua, chupar você todinha e te comer bem gostoso. Logo o Sergio voltou e mudamos o papo, mas eu pensei: Vou deixar esse velho babando. Fomos pra casa e ficamos fazendo um churrasquinho. Coloquei um shortinho e a parte de cima do biquíni que mal cobria os bicos dos peitos. Meu sogro sempre soltando umas piadinhas dizendo: E Sergio, você tem o que mamar sempre em? Sua mulher com esse peitão pode te amamentar pro resto da vida! Eu só ria, minha sogra nem olhava e o Sergio safado dizia:  Isso é verdade, meu pai, mamar é o que eu mais gosto e minha mulher adora me amamentar a qualquer hora, quer ver? e sem que eu esperasse ele tirou o bico do meu peito pra fora e começou a chupar.


Meu sogro ficou surpreso com aquilo, mas seu olhar brilhou. Minha sogra deu bronca nele e disse: Para com isso meu filho, quer mamar, vai mamar lá dentro, não aqui na minha frente e do seu pai! Meu sogro logo foi falando: Que é isso mulher? Deixa o filho mamar onde ele quiser, ela é mulher dele e ele mama a hora que quiser!!! O Sergio disse: Isso mesmo, mamo onde eu quiser! Minha sogra resmungou um pouco e continuou fazendo a salada.


O Sergio muito sem vergonha, depois que disse isso, tirou meus dois seios pra fora e sentado na cadeira e eu na frente, ele começou a mamar e chupar meus peitos na frente dos pais dele. O pai não tirava o olho e estava tarado, sentou do lado do Sergio e ficou olhando nos peitões bem de perto (eu quase que tirei da boca do meu marido e coloquei na boca do sogrão que já estava babando de vontade de dar uma chupada). Eu disse: Isso mesmo, meu amor, mama gostoso na sua cadelinha, mama, chupa gostoso os peitinhos da sua putinha, chupa!! Meu sogro disse: Noooossa, vocês não prestam mesmo, são dois tarados, não vão trepar aqui em?!! Percebi que meu sogro ficou louco vendo aquilo.


Meu marido chupava minhas tetas com tanta vontade que eu , muito cadela, tive que me apoiar no meu sogro para não cair. Meu sogro ficou me segurando enquanto ele me chupava, mamava muito gostoso. Mas logo nos contemos e fomos almoçar. Meu sogro estava assando a carne e eu ia pegar pra mim e para o Sergio, que já estava bêbado e não parava em pé. Resolvi mexer com o velho e quando eu chegava por trás, para pegar a carne, eu passava os bicos dos peitos (ainda cobertos) nas costas dele, que estava sem camisa e o velho gemia e dizia baixo: Para de passar esses bicos nas minhas costas, senão te agarro aqui mesmo! Eu ria e levava a carne pra mesa, daqui a pouco voltava e passava os bicos durinhos nas costas dele (hummm...uma delicia fazer isso).


Ele dizia: Você esta abusando de mim!! Não faça isso? Eu ria e saia. Estava deixando o velho louco!. O Sergio e minha sogra nem percebiam então e fui pelo lado do velho, descobri o bicão e passei no braço dele. Quando ele viu aquilo, levantou a mão e segurou no bico e apertou e falou: Se eu te pegar eu acabo com você! Eu zombando dele disse: Duvido, você não me agüenta!. Ele me deu um tapa na bunda e disse: Cadela, gostosa!. Depois do almoço fomos descansar e o Sergio caiu num sono profundo. Minha sogra foi visitar uma amiga e eu logo pensei numa sacanagem. A casa estava silenciosa e pensei que estava sozinha. Tirei toda a roupa, ficando nua (adoro andar nua pela casa) e fui até a cozinha.


Estava tomando água, quando meu sogro entra e me vê toda nuazinha, descalça, coxas grossas, bundona linda, peitões balançando com bicos durinhos, ficou vidrado e disse: Que coisa deliciosa, mulher gostosa, vou te dar um trato agora!! Eu tentei sair, mas ele me apertou contra a parede e foi me agarrando e me beijando a boca com força, me mordendo e lambendo o pescoço, a orelha. Com as duas mãos apertava meus peitos com força. Passava a mão na minha bucetinha que a essa altura estava melada. Me colocou sentada na pia e começou a chupar meus peitos.


Chupava com tanta força que até doíam um pouco. Mamava ora um, ora outro, com vontade, como se nunca tivesse mamado numa mulher. Eu já estava transpirando tesão e a bucetinha estava encharcada. Pedia pra ele parar (frescurinha) senão ia chamar o Sergio e ele dizia com os peitos na boca: Pode chamar, ele ta morto de bêbado e não acorda tão já Eu falava em tom normal: 


Sergio por favor, vem aqui, seu pai esta chupando meus peitos, está mamando nas minhas tetas gostosas, vem que ele vai engolir meus peitões!. O velho parece que gostava mais disso e chupava com mais força. Eu estava gozando com os peitos na boca daquele velho tarado. Ele, rápido me pegou no colo e me levou para o quarto dele, ao lado onde dormia meu marido, bêbado como um porco. Me jogou na cama e escancarou minhas pernas e caiu de boca na bucetinha.


Chupava gostoso, mamava, lambia, mordia os lábios da bucetinha com carinho e tesão e eu gemia como uma cadela no cio e agora era a vez dele dizer: Sergio, vem filho, vem que eu estou chupando a bucetinha da sua cadelinha mulherzinha, estou mamando o suquinho dela todinho. Vem filho, vem me ver mamar na xaninha da sua putinha, vem! Aquilo me dava um tesão louco e eu me contorcia toda e esfregava a buceta na cara do velho que gemia doido.


Depois ele ficou em pé e desamarrou a bermuda e tirou um cacete pra fora. Eu dei um pulo da cama e abocanhei aquele cacetão lindo, duro, vermelho (nem pensei que fosse assim pela idade dele). Chupei gostoso, fiz uma chupeta deliciosa pra ele que quase desmaiou de tesão. Depois me apoiei na parede e ofereci a bunda pra ele. Ele me segurou pela cintura e enterrou o cacete na bucetinha com força. Socou gostoso e gozamos muito, juntos.


Quase que não parei em pé e ele precisou me segurar. Sentei na cama e o velho safado, ainda se ajoelhou no chão e novamente começou a chupar meus seios deixando-os molhados. Eu quase que me entreguei toda de novo, mas me contive e com muito custo tirei a boca do velho dos meus peitões. Saí do quarto e a noite saímos todos, como se nada tivesse acontecido. No dia seguinte, logo pela manhã meu marido saiu e disse que ia caminhar na praia com a mãe dele e me convidou, mas eu estava com muito sono e fiquei em casa.


Adormeci e logo depois acordei com meu sogro passando a mão no meu corpo e tirando a minha calcinha. Eu fingi que ainda dormia e ele me deixou nua e começou a chupar a bucetinha. Segurava o grelinho com os lábios e dava chupadinhas que me faziam tremer todinha (que coisa deliciosa!!!).


Eu abri bem as pernas e deixei que ele me chupasse toda. Subiu para os meus peitos, (que ainda estavam doloridos do dia anterior) e chupou, mamou como um bezerro. Me virou de costas,e eu fiquei de quatro e ele lambeu do cuzinho a bucetinha. Chupava tanto que parece que ia arrancar pedaço!


Que velho tarado esse meu sogro!! Depois tirou o cacete pra fora e enterrou na bucetinha. Socou, socou e gozamos juntos, desta vez gritando como dois loucos, pois não tinha ninguém em casa. Saiu e novamente começou a mamar nos meus peitos e eu deixei, pois estava doida pra dar o cuzinho pro velho. Não demorou muito e ele estava louco e foi esfregando a cabeça do cacetão no cuzinho. Eu arrebitei bem a bundinha e facilitei a entrada do cacetão no buraquinho e o velho começou a socar gemendo como um porco. Gozamos loucos. Depois ele saiu do quarto, pois o Sergio e a mãe poderiam chegar.


Eu me limpei e voltei a dormir mais um pouco. Logo sou acordada de novo pelo meu marido agarrado em mim, mamando nos peitões e eu como sou louca pra ter os seios chupados, entreguei tudo pra ele. Mais uma vez fui gostosamente comida na bucetinha e no cuzinho, depois do sogro, agora pelo maridinho. Levantei e fui para o banheiro e no corredor encontrei o sogro e sem que ninguém visse, abri o roupão e me mostrei nua pra ele. Ele deu um urro, parecia um leão, minha sogra até veio ver o que era. Entrei no banheiro e ninguém desconfiou. Depois fui pra cozinha e ele estava tomando café e eu por trás da sogra, desamarrei o biquíni e mostrei os seios pra ele.


Ele falou um palavrão e minha sogra ainda deu bronca nele. As vezes ele estava parado no quintal ou qualquer outro lugar, eu entrava na frente dele e esfregava a bunda no cacete dele com uma cara de bem cadela e deixava o velho louco e ele dizia: Cadela, você vai me matar desse jeito, quero te chupar todinha, te comer por todos os buraquinhos! Gostooooosa!!!! Tesão!!!!!!. Um dia antes de entrar no banho, vi que não tinha ninguém por perto, fui nua na cozinha, ele estava sozinho, cheguei, me esfreguei nele como uma gata no cio, esfreguei a bucetinha na coxa peluda dele e deixei toda molhada e ele ficou louco pra me agarrar mas eu corri para o banheiro rindo.


O velho falou um monte de palavrões que a sogra veio dos fundos ver o que estava acontecendo e não entendeu nada. Na hora do almoço quando o Sergio e a mãe estavam lá fora, ele estava de costas no fogão, eu tirei o peito pra fora e passei nas costas dele. Ele deu uma agarrada nos meus peitos e uma chupada e aí fui eu que dei um grito de tesão e eles lá de fora perguntaram o que estava acontecendo. Dei uma desculpa. Nos dias que passamos lá, deixei meu velho sogro louco.

Me mostrei pra ele nas horas mais impróprias, coloquei meu seio na boca dele com a sogra cochilando do lado, quando ia tomar banho, ficava nua na frente dele, sempre passando os bicos dos peitos durinhos nas costas e braços dele, etc.. provoquei muito!!!

Teve um dia que ele estava deitado e minha sogra dormindo do lado e eu coloquei o peito na boca dele e ele mamou gostoso e ela quase viu. Um dia fomos à padaria juntos, eu e ele e no banheiro da padaria ele me chupou os peitos e a bucetinha. Adorei me mostrar pro velho!! E como ele é tarado!! Agora eles virão no final de semana pra cá. Vou deixar o velho louco. Depois eu conto tudo! Beijos.

E-mail= tulanet@hotmail.com

Autor: Oficina dos Prazeres

 

Ler outros contos eróticos.

Atendimento ao cliente

Segunda à Sexta

Das 10:00 hrs até 19:00 hrs

 

Aos Sábados

Das 10:00 hrs até 16:00 hrs

Comentários de clientes
Formas de pagamento
Os mais vendidos
Marcas

Formas de Pagamento

 

Dúvidas: Cadastro | Empresa | Como comprar | Pagamento e envio | Segurança | FAQ | Dicas | Revenda | Fale conosco | Compre pelo telefone (11) 4403-7946

Em caso de divergência de preços no site, o valor válido é o do Carrinho de Compras © Copyright 2001-2014